#23

Há momentos em que não existo: são os meus favoritos.

A minha mão desenha letras no papel, sem me pedir autorização. Aprendo a não lutar contra a corrente e deixo-me levar. Não sei sobre o que escrevo, não sei se está bem construído ou até se faz sentido, mas agora não importa. Regresso, por breves segundos, ao meu quarto e tomo consciência de que tudo está igual e de que continuo a respirar. Então, volto a não existir. A minha mão volta a desenhar letras no papel sem me perguntar se pode ou não. Apercebo-me do quão rapidamente penso, construo frases (sem saber como), procuro palavras (sem saber para quê). Despejo, na folha, este rio que corre dentro de mim e que com o passar dos anos se tornou indomável. Mas sei bem que a minha mão gosta de lidar com feras. Acabo por voltar: terão passado apenas alguns minutos ou uma mão cheia de horas? Dobro a folha em que acabei de desenhar letras e guardo-a: sem ler o que escrevi. Basta-me saber que sempre que quiser esquecer quem sou, existe um lápis e uma página em branco onde não existo.

Gostaste? Então, não guardes só para ti!

SOBRE A AUTORA

Olá! O meu nome é Daniela Nogueira, tenho 18 anos e estudo Direito. Sou uma apaixonada por Artes. Escrevo no (Des)Apontamentos há cerca de quatro anos (com muitas mudanças, pelo meio...) e espero fazê-lo por muitos mais. A natureza, os meus sentidos e a alma das pessoas são os meus temas favoritos!

9 Comentários

  1. Adorei o texto , identifico-me completamente .beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, M. :) É bom saber que não sou a única com esta sensação maravilhosa em relação à escrita!
      Beijinhos*

      Eliminar
  2. Nossa, você traduziu o que eu sinto quando estou escrevendo. Eu simplesmente vou escrevendo, escrevendo e quando vejo está lá um poema, um texto. É tão bom esses momentos em que sua mente fica vazia e tudo vai pro papel. Lindo texto Daniela.

    P de Paranoia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É simplesmente fantástico saber que existe alguém que se identifica com o que eu escrevo! Muito obrigado, fico muito feliz por saber que gostaste do texto :)

      Beijinhos*

      Eliminar
  3. Eu amo escrever tbm...
    Soq minha paixaoe pela Musica
    Amo escrever Musica...
    E eh como eu me sinto quando escrevo minhas letras...
    Escrevo de acordo com minha inspiracao...ou o momento q ando passando...

    Brg pelo Post *----*
    Mto Meigo Com Palavras Fortes E Sabias ^-^

    ResponderEliminar