#24

Se penso, sofro. Tento arrumar tudo em gavetas, fechando-as cuidadosamente e desejando nunca mais voltar a abri-las. Mentiras, só mentiras... Mais tarde ou mais cedo, sem me perguntarem se podem ou não, as gavetas abrem-se. No momento, deixo a alegria preencher-me. Sonho comigo a perder-me no que jurei deixar para trás. Mentiras, só mentiras... Sempre quis ali voltar: deixar tudo aquilo que arrumei nas gavetas correr, voar, dançar. Porém, se penso, sofro. Não sei o que fazer, então. Dou por mim preso num ciclo vicioso entre querer esquecer mas também lembrar e querer pensar mas não sofrer. Talvez possa escrever: arrumar o que penso, não em gavetas (que sufocam e prendem), mas antes em folhas brancas que depressa ganharão o tom cinza do lápis e dos meus pensamentos. Assim, apenas sofrerei quando escolher ler o que escrevi. Mentiras, só mentiras...

Gostaste? Então, não guardes só para ti!

SOBRE A AUTORA

Olá! O meu nome é Daniela Nogueira, tenho 18 anos e estudo Direito. Sou uma apaixonada por Artes. Escrevo no (Des)Apontamentos há cerca de quatro anos (com muitas mudanças, pelo meio...) e espero fazê-lo por muitos mais. A natureza, os meus sentidos e a alma das pessoas são os meus temas favoritos!

19 Comentários

  1. Olá! Bonito o teu texto. Lembro-me de há dois anos ter falado de Fernando Pessoa na escola e a sua "Dor de Pensar" xD. Para ele, a realidade era sufocante, como tu descreveste, e o melhor seria não pensar para ter felicidade.
    Ás vezes da mesmo vontade de arrumar certos sentimentos, pensamentos, momentos numa gaveta, né? x)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom saber que gostaste :) Eu ainda estou no começo do estudo de Pessoa, mas sim a realidade é mesmo sufocante para ele. E concordo totalmente contigo, era muito bom se pudéssemos "arrumar" certos pensamentos e nunca mais abrir a gaveta.
      Beijinhos*

      Eliminar
  2. Texto espetacular, parabéns...tão verdade!

    Sofia Pinto

    Morning Dreams

    ResponderEliminar
  3. Adorei o teu texto, tenho sentido o mesmo. Parabéns!

    ResponderEliminar
  4. olá!
    adoro o teu blog!

    criei à pouco tempo um novo: http://welcometoalittlespace.blogspot.pt/
    será que podes divulgar e seguir?
    obrigada ;)

    ResponderEliminar
  5. Adorei seu blog! O texto é perfeito, parabéns! Você escreve muito bem!
    Li algumas postagens de como começar um Diário aqui no blog e adorei, mas tenho algumas dúvidas: Pode iniciar um Diário no meio do ano? Porque estou prestes a iniciar um...
    E quando um Diário acabar, como começo outro? Dou continuação do último Diário ou inicio me apresentando?
    Desculpe fugir do assunto do post, mas precisava perguntar!
    Beijos e parabéns pelo blog :-*

    ResponderEliminar
  6. Espreita o meu blog, o último post do dia 17 :) vais gostar!!

    ResponderEliminar
  7. Adorei o texto, a maneira como escreves e fantástica e forma como expuseste o pensar vs o sentir e a dor de pensar do Fernando Pessoa tá óptimo, parece mesmo ele. Estou a dar exactamente a mesma matéria :) Acho que certo modos todos já sentimos o mesmo que ele, né? xD

    ResponderEliminar
  8. Olá. Eu comecei o meu blog no sábado. Podes fazer divulgação? Obrigada!!
    http://myworldbydebby.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Olá olá :)
    Em breve o meu blog passará a ser privado, pelo que apenas as pessoas que eu adicionar poderão ler.
    Se quiseres continuar a acompanhar o meu cantinho deixa o email do teu blog no meu. O comentário não será aceite!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Muito lindo o texto, adorei!
    http://quatropor1.wix.com/quatropor1

    ResponderEliminar
  11. Ora cá estou de novo :)
    Só para informar que o meu blog já passou a privado e o convite para continuares a poder ler o que escrevo foi enviado para o mail que me deste.
    O link também mudou: http://a-culpa-nao-e-das-estrelas.blogspot.pt
    Aguardo a tua visita :D
    Beijinhos
    (Caso haja problemas em acederes ao meu blog diz alguma coisa: blog.da.rita13@gmail.com)

    ResponderEliminar
  12. Oi, adorei o texto e o blog, lindas palavras... Só há um erro no título, não? Ou estou enganada... "de mais" >> "demais" Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  13. Voltei para ver se havia novidades :)) gostava que tivesses um tempinho aqui no blog :D

    ResponderEliminar
  14. Oi nomeei-te numa Tag :) dá uma espreitadela no meu blog: http://meupequenmundo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar