#4

Era uma vez uma bonequinha. Ela era doce e mais frágil do que o mais frágil dos cristais. A bonequinha morava nos corações de todos aqueles que a acolhiam, e era tão pura como o branco do vestido de casamento da minha mãe. Queria também ela casar e ser muito feliz. Muito e para sempre. Porém, esse lindo sonho parecia-lhe cada vez mais distante e baço. A dor era, agora, a única coisa que a lembrava que o seu boneco tinha, um dia, sido real. Quando estava sozinha, no seu mundo de céu verde com bolinhas amarelas, era essa dor que a transformava num demónio que nada, nem ninguém podia controlar. Para a bonequinha, irónico era viver nos corações dos outros e ter visto o seu arrancado a sangue frio.

Gostaste? Então, não guardes só para ti!

SOBRE A AUTORA

Olá! O meu nome é Daniela Nogueira, tenho 18 anos e estudo Direito. Sou uma apaixonada por Artes. Escrevo no (Des)Apontamentos há cerca de quatro anos (com muitas mudanças, pelo meio...) e espero fazê-lo por muitos mais. A natureza, os meus sentidos e a alma das pessoas são os meus temas favoritos!

8 Comentários

  1. adorei o texto, tanto sentimento...
    escreves mesmo muito bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito obrigado :)
      não sabes o quanto isso significa para mim!
      beijinhos*

      Eliminar
  2. Gostei mesmo muito do texto! Ansiosa por ler o próximo! <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, Bells! Ando cheia de vontade de escrever, talvez amanhã ou depois de amanhã publique outro!!
      Beijinhos*

      Eliminar
    2. You're welcome!
      Eu à pouco tempo fiz um post para o meu blog que foi de um exercício que fiz para Português. Gostei tanto de o fazer e senti-me realmente inspirada! Como escreves bem eu gostava de te sugerir que também o fizesses. O exercício consistia em imaginar que tivesses 53 anos e decidisses começar a escrever um diário, a primeira página.
      Se estiveres a pensar em fazê-lo diz-me que eu vou querer ser a primeira a lê-lo!! <3
      Beijinhos Daniela!!

      Eliminar
    3. Eh, eu também já fiz um exercício muito parecido, caso queiras ler: http://daniela-diariodeumaadolescente.blogspot.pt/2012/11/querido-diario.html :) Gostei muito de o fazer! É simplesmente fantástico pormo-nos na pele de outra pessoa! c:

      Beijinhos*

      Eliminar
  3. Que lindo, tanto ano contigo e só agora descubro como escreves tão bem!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. só não descobriste antes porque não quiseste xD
      beijinhos*

      Eliminar